Qual a importância do petróleo para o meio ambiente?

Há alguns dias, conversando com alguns amigos, surgiu o assunto a respeito de qual seria a importância do petróleo para o equilíbrio do meio ambiente. Não soubemos responder exatamente se o petróleo possui alguma função especial, ou desempenha algum papel importante, em relação ao equilíbrio ecológico do nosso sistema planetário.

Assim como o óleo de motor de um carro é de fundamental importância para lubrificar as partes de atrito do motor, e também resfriá-lo, não seria também o petróleo, esse óleo escuro que descansa em diversas regiões do subsolo planetário, uma espécie de lubrificante importante para a auto-regulagem do sistema natural? Ou seja, se todo o petróleo existente no planeta for extraído e consumido, qual será a consequência, ou o impacto natural desse ato?

Já sabemos muito bem qual o impacto que isso terá na economia humana, sendo que, o petróleo, é fonte de energia e matéria prima insubstituível, até então, para muitos (mas muitos mesmo) produtos que utilizamos diariamente em todo o mundo. Combustíveis, gases, óleos, graxas, borracha, plástico, lubrificantes, álcool, fibras, resinas, tintas, medicamentos, enfim, até mesmo a indústria farmacêutica, de cosméticos e veterinária utilizam subprodutos dos derivados de petróleo. Ou seja, o homem tá f… quando o petróleo acabar. Pelo menos por enquanto! Enquanto não se descobrem maneiras alternativas de atingir os mesmos fins.

Tudo bem, o homem que trabalhe para solucionar os seus problemas, mas e o planeta Terra? Qual será o impacto da falta do petróleo em nosso meio ambiente?

Já sabemos que a queima do petróleo e seus derivados está sufocando o nosso planeta, diariamente, emitindo milhares de toneladas de gás carbônico para a atmosfera. Esse impacto ambiental nos já estamos sentindo através dos efeitos na temperatura, nas águas, nos ventos, enfim, nas mudanças climáticas em geral. Mas e se, além dessas consequências, houver alguma outra, ainda não prevista, causada pela extinção total desse óleo do subsolo planetário, de forma que o planeta se torne incapaz ou deficiente em alguma função específica de seu eco-sistema?

Posso estar falando besteira, mas, valerá o diálogo e a pesquisa. Gostaria de saber se você, meu caro leitor, tem algum conhecimento ou informação a respeito desse assunto? Mesmo que não tenha informação, se pensar em alguma hipótese interessante, por favor, deixe o seu comentário para contribuir no esclarecimento desse assunto.

Segue uma possibilidade de impacto:

Imaginem um poço, uma reserva de petróleo gigantesca, bem no fundo do oceano, digamos que a mais de 2 km de profundidade. Imaginem agora que todo o petróleo desse poço seja extraído, e que ele se torne um imenso buraco, oco, vazio, preenchido novamente com água, porém suportando o enorme peso do oceano acima dele agora sem a densidade alta do petróleo. Então, digamos que o petróleo que estava dentro desse enorme buraco, era o que fazia pressão suficiente para que a terra suportasse todo o peso das águas, e que, após retirá-lo de lá, num primeiro tremor qualquer, a terra não aguentasse mais, por falta de pressão, e esse buraco gigantesco se abrisse? Quais seriam as consequências?

Não devemos temer a nada, mas é importante viver com prudência. Creio que, enquanto estamos vivendo o presente, é nosso dever zelar para que exista um futuro. E que esse futuro seja de paz, saúde, felicidade e harmonia para tudo e para todos.

Mateus Lopes

Sou engenheiro de software e desenvolvedor web e cloud, sou um apaixonado por tecnologia. Sou músico e ator por puro amor. Sou filósofo por filosofar, e espiritualista pela razão e dedução lógica das leis naturais. Sou meditador, praticante de yoga, estudante da vida e do amor. Sou um pouco de tudo o que já estudei e vivi, mas sou também todo o universo do potencial que há em mim!

85 comentários em “Qual a importância do petróleo para o meio ambiente?

  • 01/10/2008 em 16:23
    Permalink

    É engraçado como o ser humano se preocupa tanto com o seu “bem” e acaba esquecendo do nosso próprio PLANETA!Afinal ouvimos tanto sobre o término do Petróleo,sobre a sua importância no nosso cotidiano,e acabos esquecendo sobre o impacto que ele causará no nosso meio ambiente!Eu por exemplo nunca tinha pensado nisso,talvez por mero egoísmo.Estou aqui postando meus parabéns por esse site que ”abriu” mais uma vez a mente de um ser humano!Obrigada!

  • 14/10/2008 em 13:31
    Permalink

    Oiii gostei muito da sua materia, era algo assim q estava procurando,surgiu essa questao na minha sala relacionada com a camada pre sal e tals.E estava pela web a procurar materias interessantes de ler e ouvir; gostei da sua e vou mostra aos meus colegas de turma .
    Voce nao vai acreditar mas tambem estava pensando sobre essa questao do buraco que fica se todo o petroleo for consumido e fica ai a questao .
    Se nao foi pedir muito muito gostaria de ver mas materias suas relacionadas a esse tema. Essa ficou otima!!!

  • 21/10/2008 em 07:29
    Permalink

    Estou fazendo uma pesquisa sobre petróleo e pretendo encontrar, em alguma fonte confiável, informações sobre sua real função para o planeta, quem souber, peço por favor que me informe. Acredito muito que seja um isolante térmico, pois o núcleo terrestre é quentíssimo, segundo minhas pesquisas, algo entre 1000 a 2000 C° a menos que o Sol, isso mesmo, o Sol, ou seja, temos quase um sol abaixo de nós.
    O engraçado é que ninguém fala sobre o impacto dessa extração, até agora só encontrei essas informações em blogs, pois os outros sites falam apenas sobre energia, economia e crescimento, pricipalmente se o nome “Petrobras” estiver no meio.
    Todos comentam sobre o desmatamento e suas consequências, pois a floresta amazônica, além de ter a maior biodiversidade do planeta, fornece sombra, o que é fundamental para manter a temperatura da Terra, mas esquecem que não é só isso. Ah! Tem petróleo lá também, e muito, só que a extração é complicada, “tem muita árvore atrapalhando”. Pergunto: Será que estão deixando que acabem com as florestas para facilitar essa futura extração?
    Quanto ao buraco comentado nesse blog, fique tranquilo, pois não fica buraco nenhum, no lugar do petróleo retirado, eles injetam água salgada, que além de preencher o espaço, faz pressão facilitando a retirada do petróleo. Então, como se não bastasse retirar um isolante, eles, da “P” e das outras também, injetam um condutor térmico (H2O salgada). “Acho que isso é para aquecer mais rapidamente o planeta”.
    Vejam que lindo meus amigos, a “P”, que patrocina esportes, projetos e ong’s, fazendo sua “linda” imagem, por outro lado está f… com o planeta, e tudo em nome do que? Do crescimento? Crescimento do que? De quem?
    Leiam a matéria abaixo:
    Debaixo dos gelos do Árctico estarão escondidos 90 milhões de barris de petróleo, o suficiente para satisfazer a procura mundial durante três anos, e que representam 13 por cento do total de reservas petrolíferas ainda não descobertas. Os dados são dos Serviços Geológicos dos Estados Unidos, revelados numa notícia do ‘Público’.
    http://diarioeconomico.sapo.pt/edicion/diarioeconomico/internacional/economia/pt/desarrollo/1150202.html
    Pergunto: Qual será o impacto dessa extração? O gelo vai derreter?
    Quanto mais pesquiso, mais me revolto.
    Um ponto positivo nisso tudo, é que vejo nessas empresas, pessoas, etc. tudo aquilo que não quero ser!
    Um abraço a todos e espero ter contribuído em algo.

  • 11/11/2008 em 21:00
    Permalink

    Vcs que estão revoltados com tudo isso, tem carro ?!!?
    Tiram proveito da extração desse petróleo ?!!?
    Então não me venham com xurumelas !!!!!!!!!!!
    Eu já passei dessa fase. De tanto me revoltar e coisa e tal, percebi que somos todos iguais. Nossa natureza é assim mesmo. Imediatista, egoista, mentirosa e fizemos e fazemos nosso próprio caminho e estamos sim destruindo nossa casa. Só que sabemos também que a vida dá seu jeito. Besteira nossa pensar que viveremos nesse lugar pra sempre !!! Ledo engano. Antes de destruirmos tudo isso aqui, nos destruiremos primeiro pela mão da nossa própria mãe que é muito muito muito mais forte que nós que pensamos saber de tudo. Como a humanidade vai viver depois que o petróleo acabar ?!!!? E depois que a água acabar ?!!?
    Nós realmente estamos preocupados com isso?!!!?Será ?!!!? Ou queremos passear em nossos carros no conforto do ar condicionado, um de cada vez ?!!!? Ou estamos felizes com as financeiras que nos enganam com crédito mentiroso pra comprarmos cada vez mais carros e consumirmos mais petróleo ?!!? Por isso meus caros, estamos num caminho sem volta. E não esqueçam… NÓS TODOS SOMOS RESPONSÁVEIS !!!!!!
    It´s sad but true !!!!!!!!!

  • 05/12/2008 em 12:33
    Permalink

    Depois de ler os comentários fiquei muito chocada com as informações que o Alvaro nos passou, mas acredito que cada um tem a sua própria consciência e que fazendo sua parte, com certeza chegaremos a um mundo melhor sim. Não vai ser hoje nem amanhã que o mundo vai acabar, e enquanto não acaba, porque não contribuimos fazendo um pouquinho? O petróleo é sim de grande importância mundial, principalmente em nossa atualidade. É difícil determinar algo que não dependa direta ou indiretamente do mesmo. Ele fornece uma grande parte de energia mundial utilizada no transporte e é a principal fonte de energia para outras finalidades.

  • 11/02/2009 em 09:40
    Permalink

    Ola. Estou fazendo uma pesquisa sobre petroleo e meio ambiente, justamente por estar fazendo um curso de Capacitação plena em petroleo e Gás, no inicio do curso eu tinha a mesma duvida em relação a quando o petroleo acabar na jazida e que acontaeceria com o buraco. A primeira pergunta que fiz ao professor foi em referencia a este questionamento. Como sei a resposta gostaria de partilhar com todos. Quando o petroleo é retirado da jazida no lugar dele é colocado salmora ou residuos do próprio petroleo.

  • 28/02/2009 em 14:04
    Permalink

    o problema eh q vivemos uma grande corrente….
    somos feitos assim consumistas… claro que nao eh certo…
    e para quem le a biblia e acredita em deus… isso faz parte do periodo apocaliptico da biblia…
    futuramente nao havera sustento algum no mundo…tera muita fome… sede guerras por terras ferteis como o BRASIL… estamos ferrados… tudo por que? EGOISMO LUXURIA GANANCIA… e assim vai… desejos carnais… que vai causar cada vez mais destruicao… cuidado daqueles que estao por vir… mas pensar que nao vamos pagar por isso… estamos enganados… todos irao pagar claro que aquele que nos induz a viver assim pagara por nos… afinal vc acha que esta aqui a toa? somente para aproveitar a vida e amontoar riquezas?

  • 20/03/2009 em 15:38
    Permalink

    caraca meu sou ator curto viver lokuras vidas diferentes no teatro e sei que passar esse tipo de mensagens é de mais. Mas fiquei loco com tudo isso concordo com voçê Matheus, o pior é que faço curso de petróleo e gás aqui em Santos e to pensativo agora …. Mas novos recursos estão ai e se houver uma união do sistema todos os recursos obtido com petróleo e gás pode ser muito bem substituido com tranquilidade pois o ser humano é isso vive ed acordo com a roda girando como num ciclo basta nós mudarmos isso.

  • 17/07/2009 em 20:20
    Permalink

    Ufa! Achei que estivesse ficando louca. Este assunto estava me angustiando há tempos.Quando fui pesquisar na net descobri que não estava sozinha. O meu questionamento não passa pela questão do “buraco” que pode ficar, mas sim as consequências em relação as alterações na temperatura do planeta acontecendo de dentro pra fora como se fosse um corpo desidratando precisando de água para produção , inclusive, das correntes sanguineas, vital para sua sobrevivência ou então dos fluídos entre os ossos com o perigo dos impactos, enrijecimentos e morte.

  • 13/08/2009 em 15:45
    Permalink

    Creio ser um assunto bastante polêmico e que existe pensadores e pesquisadores que poderão responder de modo mais claro por esta indagação. Mas é preciso que cada um faça a sua parte. O mundo deste que existe já passou por várias modificações e estamos no auge de uma delas. Um abraço a todos.

  • 29/08/2009 em 21:18
    Permalink

    Parabéns pela iniciativa.. vamos tentar divulgar mais o problema da falta de petróleo, isso é um problema de todos! Caro George (4º comentário) sim, nós utilizamos produtos feitos com petróleo, mas vc conseguiria viver sem? O fato de utilizarmos não quer dizer que não nos preocupamos.. Pelo menos enquanto não colocam outras alternativas em prática temos que improvisar.. para ir ao trabalho ou à casa de algum parente próximo, por exemplo, evito utilizar automóvel (tá certo tem gente que trabalha onde Judas perdeu as botas e não tem como ir a pé ou de bicicleta, mas também tem muita gente que utiliza carro para ir até na padaria da esquina! Pode?!) voltando, não utilizando automóvel para ir ao trabalho estou economizando dinheiro e combustível logo não gasto tanto petróleo (apenas o que foi preciso para a borracha do meu tênis, penso que seja bem menos que para combustível). O ser humano (principalmente os que estão no controle) deveriam deixar de ser tão gananciosos e egoístas e colocar os alternativos em prática, se preocupando mais com as próximas gerações e com o próprio planeta!

  • 07/09/2009 em 09:07
    Permalink

    Eu , estou muito preocupada com esta situação, sempre me perguntei o que fica no buraco onde e retirado o petroleo e nunca consegui uma resposta a altura da minha curiosidade
    então me encontro com este site onde muitas pessoas tbm tem duvidas agora então com este Pré – Sal onde vamos parar se ele esta no fundo da terra e do mar era pra estar se não fosse nõa existiria certo ou e ingnorancia aguardo uma resposta por email de alguem
    sandralinn@yahoo.com.br
    Sou uma pessoa preocupada com o bem estar dos meus futuros familiares e descendentes quando eu não estiver mais aqui
    obrigada

  • 17/09/2009 em 13:43
    Permalink

    Olá gente, gostei bastante de tudo o que foi comentado aqui até o momento, quero que saibam que não tenho nada contra os ambientalistas e nem com as pessoas envolvidas na solução dessa questão , porém, paremos para analisar e pensar com frieza.
    Quando ou antes de acabar o petróleo, será que já teremos alternativas para substituí-lo, o fato é que uma leve crise econômica mundial deixou milhões de trabalhadores desempregados no planeta terra, deixando suas famílias sem sustento.
    Agora imaginemos que o petróleo move a economia mundial e tudo irá parar sem o mesmo. o que será dos trabalhadores sem o petróleo?
    Eu prefiro nem pensar nessa possibilidade, por tanto, acho que o tão comentado petróleo ainda é um mal necessário para a humanidade.

  • 25/10/2009 em 12:50
    Permalink

    Eu também estava fazendo uma pesquisa sobre petróleo e cai neste site, achei alguns comentários muito interessantes! Sou estudante da área e a minha opinião sobre tal matéria-prima é que a tendência de sua utilização com fins energéticos terá um fim dentro de algumas décadas. Todas estas novas energias renováveis são realmente muito vantajosas para o meio ambiente e, conforme a raça humana for criando consciência de suas atitudes, elas irão crescer. O grande problema ainda é o valor gasto para gerar este tipo de energia.
    Mas isso não quer dizer que o uso do petróleo vai parar, continuaremos utilizando seus derivados para fazer os produtos que fazem o nosso dia-a-dia mais prático! Até o fim das reservas petrolíferas, iremos achar substitutos para aqueles produtos dos quais somos dependentes e isso vai gradualmente diminuir o controle econômico que esta indústria possui hoje em dia, reduzindo o baque futuro.
    O George tem razão quando diz que o ser humano irá se extinguir antes que a Terra. Mesmo que queimemos todas as reservas petrolíferas do mundo o planeta se renovará em cerca de 1 milhão de anos, mas nós não sobreviveremos ao aquecimento absurdo que isso gera.
    Uma dica interessante nesta área para o Matheus é a teoria abiótica, ela diz que o petróleo pode ser mineral, portanto, renovável. Há vários autores que defendem esta tese que cresce consideravelmente na atualidade, eles dizem que o petróleo é oriundo do manto e migra até as rochas sedimentares porosas através de falhas que ocorrem no meio das rochas e proporcionam caminho. Comecei a aprofundar este assunto neste semestre na faculdade e achei muito interessante, daria uma boa matéria, não acham?! Talvez a teoria abiótica não seja tão disseminada quanto a biótica (orgânica) porque é conveniente para a indústria que o petróleo não seja renovável, assim o preço pode se manter elevado seguindo o raciocínio de que um dia ele irá acabar.

  • 04/11/2009 em 16:20
    Permalink

    aos q se preocupam e os q soqueren ganhar com essa ativdade vai um resumo : O CAPITALISMO SERA VITIMA DELE MESMO ! e conta q vamos pagar pode ser a vista ou quem sabe ate parcelada…….porque todas as noticias e ate pesquisas, são filtradas. o q os olhos não veen o corarção noão sente.

  • 29/11/2009 em 20:36
    Permalink

    Meus parabéns!!! Adorei a sua abordagem do assunto…….. Essa questão do buraco é quase q óbvia, mas pela importância econômica do petróleo esse é um tipo de assunto q é varrido pra debaixo do tapete onde um raciocínio lógico é ignorado. Enfim, somos como pragas parasitárias onde sugamos a energia do nosso parasitado de uma forma burra e insustentável, determinando com essas atitudes nossa própria morte!

  • 03/01/2010 em 10:03
    Permalink

    Há anos que penso neste assunto, mas até agora não tinha visto ninguém preocupado com ele. Parece mesmo haver um complot para que fique ignorado. Estou de acordo que pode haver substituição do petróleo por água salgada, isto é, nos inúmeros poços petroliferos submarinos; mas então o que me dizem com os poços nos desertos do médio e próximo oriente? Onde a água é escassa e… com mais valor que o petróleo!!! Embora pense que a água não tem as mesmas propriedades do petróleo.. rsss se assim fosse veríamos os carros a andar a água. Quero dizer é que se houver alguma razão geológica da existência do petróleo para o equilibrio natural da Terra, não será a água que irá substituir o cujo petróleo.São incontáveis milhões de barris diários que saem do interior da terra, imaginem as gigantescas cavernas artificiais que estão sendo criadas a grandes profundidades!!! Um dia vai haver grandes desmoronamentos e aluição de terras, as consequências difíceis de imaginar.

  • 11/01/2010 em 18:41
    Permalink

    Em tempos de aquecimento ou esfriamento global, as preocupações apresentadas mostram o quanto o assunto é interessante. vou colocar aqui algumas considerações para que vocês reflitam: milhares de barris de petróleo são retirados diariamente, são transformados em líquido e depois em gás e é expelido na atmosfera. A diferença de massa/peso do petróleo para o gás multiplicada pelo tempo de exploração deste petróleo(e outros, como o carvão mineral, que é explorado por muito mais tempo) não pode afetar o equilíbrio de nosso pequeno planeta, interferindo na sua órbita? Este desequilíbrio poderia ser pior que o aquecimento ou resfriamento global? Pensem nisto.

  • 17/01/2010 em 13:29
    Permalink

    Aproveitando a falta de respostas, colocarei mais algumas para ver se as encontro. Considerando que o petroleo é um material pesado (não sei também o peso de um barril de petróleo) e é transformado em líquido e depois queimado e transformado em gás e jogado na atmosfera. A diferença de peso do petróleo inicial para o peso do gás final multiplicado pelo tempo de exploração e pela quantidade de veículos que fazem esta queima, acrescendo ainda as toneladas de materiais utilizados em foguetes que são colocados em órbita, pode afetar o peso de nosso planeta? O que é mais desastroso para o nosso planeta: o aquecimento, o resfriamento ou a diminuição do peso total da terra?

  • 15/02/2010 em 02:43
    Permalink

    Meu Deus !
    Imagina se vocês vivessem na época em que o homem descobriu o fogo. Vocês iriam ficar gastando Hh para discutir sobre o grande incêndio que iria acabar com o nosso planeta e se culparem porque estavam fazendo fogueira para assar um bichinho ou um peixe que é claro que vocês tambem entrariam em crise porque os bichinhos também é claro se continuarmos comendo assim todos vão acabar. Peso total da terra, aí já é demais o que houve com a nossa física, agora já conseguimos até a desintegrar matérias. Pelo amor de Deus …

  • 07/04/2010 em 09:39
    Permalink

    li varios comentarios,uns de fato se preocupa no que diz a materia, outros no agora, e para muitos o futuro não existe. gostaria que ouvese um debate a titulo nacional ou internacional com os peritos do petroleo,dando explicação a humanidade qual o efeito causado no planeta depois da sua extração.no meu pensar,se fica um vasio,vai haver acomodação de terra,causando o famoso tsuname e terremoto.se a agua do mar preenche o vasio, vai baixar o nivel do mar. é complicado:- eu ja estou com 69 anos,logo deicho esse mundo, coitados
    da geração futura.

  • 21/04/2010 em 08:37
    Permalink

    A questao não e quando acabar o petrolio. O clima ja esta mudando vemos as noticias: Ondas gigantes na Asia, terremotos em todos os lugares, o derretimento das geleiras, destruição no Rio de Janeiro com a chuva … Isso segnifica que o muito de petrólio que ja foi extraido ja esta causando um grande impacto na natureza.
    vi o filme 2012, lá eles colocavam a culpa nas explosões Solares. Mas, nos sabemos que estamos acabando com o islante termico( PETRÓLIO) que separa o centro da terra da outras camadas afetando a crosta(litosfera) onde vivemos.

  • 24/05/2010 em 13:02
    Permalink

    Há mais de 50 anos esperava a terra tremer provocando marés violentas e cidades prestes a desaparecer com os abalos que hoje chamam de acomodações de terra ou deslocamento das placas tetonicas.
    Qualquer ser com um pouco de inteligencia, aprende que ao se tirar o petroleo da terra fica o vazio, dizer que é preenchida com agua é conversa para boi dormir, pode acreditar que nun futuro bem proximo, estas acomodaçoes de terra engulirão cidades e partes da terrra. Há algum tempo se falava em lençol, hoje esqueceram. O petroleo tirado em Natal (um exemplo) vem de um lençol que passa por varios municipios do RN, hoje cidades tem tremores e rachaduras no solo que abocanha um caminhão, breve a acomodação de terra irá engulir cidades inteiras em todo mundo, inclusive sem falar dos tsunamis e ressacas dos oceanos que aparecem diariamente nos jornais da tv.
    Fiquem atentos e pensem se nã tenho um pouco de razão. pense muito..

  • 24/05/2010 em 13:22
    Permalink

    Voce já parou prá pensar qual a finalidade do petroleo dentro do nosso planeta? Para que ele é util? O homem o usa para fabricar dinheiro, o a terra o usa para o quê?
    Todos motores que usam combustivel, usam o oléo para fazer um bom desempenho nas suas partes, elas são geralmente lubrificadas para funcionarem melhor, se não houver lubrificação a peça esquenta, quebra, para de funcionar e as vezes até chega a explodir. E a terra, será que tambem não é assim. Será que ela tambem não usa o petroleo para lubrificar suas peças desconhecidas pelo homem. Será?
    Voce ja leu ou ouviu falar qual a finalidade do petroleo para a terra? Eu aos meus 66 anos nunca ouvi nem li em nenhum jornal ou revista. È muito complicado voce pensar assim, qual a real finalidade da aguá na nossa terra, sem ela teriamos vida? E o petroleo, antes de ser retirado da terra alimenta o que? Eu gostaria que o MATEUSLOPES falasse se ja leu, ouviu ou pensou neste assunto. Me fala serio, não é complicado? Eu estou ficando é doido, xau e fico aguardando uma resposta, será que alguém pensa igual a mim.

  • 25/05/2010 em 07:34
    Permalink

    enviei dois comentarios spbre o assunto e foi censurado, porquê? Será que foi porque disse que cidades inteiras seriam tragadas pela acomodaçao de terra que a retirada do petroleo causa, aqui no Brasil e no mundo inteiro. No final haverá o deslocamento dos eixos e o resultado todo mundo inteligente pode imaginar. Nem vou comentar.

  • 30/05/2010 em 08:46
    Permalink

    Olá José Mércio!
    Me desculpe se demorei para publicar os seus comentários. Ultimamente não tive muito tempo para entrar no meu blog. Realmente, eu pensei muito sobre esse assunto e esse foi o motivo de eu ter escrito esse texto. Graças a Deus, muitas pessoas participaram e agora fica ainda mais claro que o petróleo tem realmente uma função útil para o meio ambiente.
    Uma pena que os homens não pensem e não façam nada sobre isso. Que Deus nos ajude!
    Abraço.

  • 31/05/2010 em 07:23
    Permalink

    Caro Mateus Lopes, agradeço a atenção em ter respondido, ficarei sempre lendo as novidades que voce lançar sobre o assunto, tenho certeza que voce irá descobrir muito mais novidades, boa sorte e que Deus o ajude!

  • 05/06/2010 em 19:02
    Permalink

    Gostei d obsevaçao tem muito sentido esse comentario. No meu trabalho sobre a importancia da natureza dentro da economia isso me ajudou

  • 04/07/2010 em 13:59
    Permalink

    Acho que é desculpa esfarrapada dizer que colocam água salgada ou outra substância no lugar onde foi extraído o petróleo… Isso é o que se diz, mas será mesmo que é o que se faz??? E outra coisa, …não dá pra se comparar oléo com água… Vocês já pensaram em colocar água salgada num motor onde deveria ter-se oléos lubrificantes??? É óbvio que o motor será destruído… e a Terra é um motor que está sendo destruído pelo próprio homem. Se tem oléo lá debaixo da terra é porque tem utilidade, seja térmico-isolante ou mesmo lubrificante… assim é nos motores, creio que assim é com a Terra… o princípio do funcionamento é o mesmo.

    Além de que há uma teoria que hoje está sendo observada que o petróleo não tem origem fóssil como se acreditou por muito tempo… mas são reações químicas naturais, um processo natural que acontece nas profundezas da Terra… Isso mostra ainda mais a importância do petróleo para a Terra, que gera seu próprio óleo lubrificante ou isolante para seu bom funcionamento. …E não pense que por não ser fóssil ele então é renovável e estará tudo bem pra se extrair quando quiser… não mesmo… pois vemos os desmatamentos, florestas que se auto-renovam … Mas, em chegando um desmatamento súbtido e devastador não dá tempo pra que a natureza se recomponha a tempo hábil de não permitir o caos ambiental. Assim também é a extração desenfreada de petróleo, pelo senso da ganância, subtamente extrair até não ter mais nada lá não dando tempo que a natureza se recomponha e se proteja do caos ambiental. …dai, os resultados serão catastróficos, …terremotos, super aquecimento da terra, do mar e sabe-se lá o que mais pode acontecer.

    O processo natural de renovação do petróleo não é instantâneo,… não mesmo… Não se extrai aqui e ele se recupera imediatamente ali… Com certeza estamos prestes a experimentar desastres cada vez maiores sobre a terra… A própria Bíblia fala em Apocalipse sobre um terremoto qual nunca houve sobre a terra desde que há gente… que vai acontecer quando a ciência estiver no seu auge… ou seja, em nossos dias… e sinais disso já tem se anunciado por este ano de 2010… vários terremotos em muitos lugares, em menos de 6 meses. …Observando os resultados catastróficos possíveis que podem acontecer devido a extração desenfreada do petróleo agora posso entender de onde talvez virá esse gigantesto terremoto que fala a Bíblia… onde diz que a terça parte da Terra ficará inabitável.

    Devido a ganancia dos homens esperemos o pior.

  • 27/08/2010 em 18:18
    Permalink

    Leia Sobre esta Teoria, que ao meu ver é verdade, vai esclarecer algumas duvidas

    A TEORIA ABIÓTICA – Um estudo, publicado pela revista Science, apresenta nova evidência a favor da Teoria Abiótica, que diz ser o petróleo um produto primordial da Terra, gerado constantemente, e não um material fóssil.

    O cientista que lidera as pesquisas, Giora Proskurowski, da Escola de Oceanografia da Universidade de Washington, em Seattle, disse que os fluídos ricos em Hidrogênio que vertem abaixo do Oceano Atlântico no Campo Hidrotermal da Cidade Perdida são produzidos por síntese abiótica de hidrocarbonetos no manto terrestre.

    A Cidade Perdida é um Campo Hidrotermal e está a aproximadamente 650 metros abaixo do nível do mar, situando-se ao longo da Cumeeira do Atlântico. O aspecto de “cidade” é dado por estranhas torres brancas, medindo entre 27 e 60 metros.

    A descoberta de hidrocarbonetos abióticos na Cidade Perdida é o segundo achado importante, em anos recentes, que corrobora com a Nova Teoria Abiótica da origem do petróleo. A Nasa, em 2005, já tinha anunciado que a presença abundante de Metano de Carbono 13 (Carbon-13 methane), em Titan, a lua gigante de Saturno, era de origem abiótica.

    A chamada “Moderna Teoria da Origem Abiótica do Petróleo” foi proposta primeiramente pelo geólogo russo Nikolai Alexandrovich Kudryavtsev, no All-Union Petroleum Geology Congress, em 1951.

    Só para lembrar aos mais jovens que, na década de 1950, a então chamada União Soviética, enfrentou o isolamento da “Cortina de Ferro” imposto pelo Ocidente. Os soviéticos precisavam descobrir petróleo suficiente, internamente, para mover a sua Economia. Essa busca era uma das prioridades deles e tida como de segurança nacional.

    A “Moderna Teoria da Origem Abiótica do Petróleo“ contradiz diretamente a visão científica convencional (do Ocidente) de que os hidrocarbonetos são orgânicos por natureza, criados pela deterioração de material biológico depositado há milhões de anos em rochas sedimentárias e convertidos para hidrocarbonetos sob calor e pressão intensos.

    Russos e ucranianos afirmam não haver nenhuma conexão intrínseca com a matéria biológica originada próximo à superfície da Terra e o petróleo. E sim, entre materiais primordiais, expelidos de grandes profundidades terrestres. Durante a primeira década de existência, a teoria foi alvo de muita resistência e controvérsia. Porém com a liderança de Kudryavtsev e um outro respeitado cientista de nome Porfir’yev, aumentou o número de artigos publicados em Geologia demonstrando as falhas e inconsistências na hipótese da origem biogênica do petróleo. Possibilitando o firme estabelecimento da nova teoria.

    DESCOBERTA GEOLÓGICA – É importante salientar que, inicialmente, a hipótese abiótica foi essencialmente geológica. Kudryavtsev, Kropotkin, Dolenko, Porfir’yev e os outros profissionais que ajudaram desenvolver a teoria eram geólogos. Seus argumentos eram estritamente geológicos, desenvolvidos com base em muita observação e muitos dados. Dessa maneira puderam montar um padrão (pattern) bem articulado e com grande poder de persuasão.

    Por outro lado, a Física e a Química envolvida na Nova Teoria dependem de um grau mínimo de observação e/ou dados e, mais de um formalismo matemático rigoroso. É aí que entra a Mecânica Quântica, bem como a aplicação da Geometria Estatística na análise de fluídos densos, a chamada “Teoria das Partículas”.

    Com esta abordagem científica, os russos alegam terem descoberto enormes jazidas de gás e petróleo em regiões anteriormente consideradas inadequadas para a presença delas, segundo a teoria biogênica de exploração geológica ocidental.

    Um exemplo do uso da Teoria Abiótica: No princípio da década de 1990, foram perfurados poços na Bacia Dnieper-Donets, na região entre a Rússia e a Ucrânia. Um total de 61 furos foi efetuado, dos quais 37 eram comercialmente produtivos, obtendo uma taxa de êxito extremamente alta. A dimensão do campo descoberto pode ser comparada, segundo os estudiosos do assunto, com a da Vertente Norte, do Alasca.

    Atualmente a Rússia é a segunda produtora mundial de petróleo. Por outro lado, os Estados Unidos que consomem 25% de todo petróleo da Terra, detém apenas 3% das reservas.

    ‘Atualmente existe um pequeno número de pesquisas usando a Nova Teoria Abiótica da Origem do Petróleo.
    Entretanto, várias outras áreas, mais focadas na Astrobiologia, a usam como ferramenta de trabalho’

    GOLD, O ‘ABIÓTICO’ OCIDENTAL – Temos que mencionar que no Ocidente também existe uma teoria abiótica do petróleo. Ela foi formulada pelo astrofísico austríaco Thomas Gold, em 1977 e publicada em artigo no ano de 1992. Posteriormente, a sua teoria, revista e ampliada foi publicada na forma de livro, intitulado The Deep Hot Biosphere, em 1999.

    Gold sugere que os depósitos de hidrocarbonetos (petróleo e gás) e também carvão, tem suas origens nos fluxos de gás alimentados por bactérias viventes em profundidades extremas, abaixo da superfície terrestre. Em outras palavras, não existem combustíveis fósseis, mas sim materiais primordiais (metano) que chegam através de descontinuidades tectônicas e são contaminadas por uma biosfera profunda ou então na superfície terrestre.

    Assim Thomas Gold resumiu suas idéias a respeito da origem do petróleo: “Hydrocarbons are not Biology reworked by Geology (as traditional view would hold), but rather Geology reworked by Biology”. Ou, em uma tradução livre: “Hidrocarbonetos não são Biologia retrabalhada por geologia (como a visão tradicional sustentaria), mas, certamente, Geologia retrabalhada pela Biologia”.

    Contudo, os críticos afirmam que Gold já tinha conhecimento da teoria russo/ucraniana quando formulou a sua. Porém, isso não desmerece em nada a obra de Gold, já que, como astrofísico conduziu diversas pesquisas sobre Cosmologia, cunhou o termo “Magnetosfer” para o campo magnético terrestre na sua abrangência. Em parceria com Bondi desenvolveu a Teoria Steady-State do Universo.

    Logo após a descoberta dos Pulsares em 1968, ele, rapidamente identificou esses objetos como Estrelas de Nêutrons em rotação, com fortes campos magnéticos. Antecipadamente, Gold previu que a superfície lunar era coberta por poeira. Por seus trabalhos chegou a ganhar a medalha de ouro da Royal Astronomical Society, em 1985.

    NOVOS OLHARES – Atualmente existe um pequeno número de pesquisas usando a Nova Teoria Abiótica da Origem do Petróleo. Entretanto, várias outras áreas, mais focadas na Astrobiologia, a usam como ferramenta de trabalho. Uma importante contribuição no aprimoramento da teoria vem dos estudos dos chamados Pequenos Corpos Sólidos do Sistema Solar (meteoritos, asteróides e cometas).

    Outra fonte de pesquisas são os Vulcanólogos.

    Finalmente, podemos afirmar, com base nas conquistas importantes, que, atualmente, a Moderna Teoria Abiótica da Origem do Petróleo vem se saindo muito bem.

    E pensar que ela sofreu todo tipo de boicote.

    Primeiro, pelos próprios russos, através de seus governos de regime fechado. Já que submetiam as suas idéias científicas a um controle total, onde nada deveria “escapar” para o Ocidente, sob risco de punição severa aos responsáveis.

    E do lado ocidental, por alguns governos associados a grandes conglomerados petrolíferos, cujos interesses financeiros falavam mais alto que o próprio avanço do conhecimento científico.

    Destarte, apoiando-se na teoria da origem fóssil e em dados altamente imprecisos e complexos da produção e reserva de combustíveis, foi montado um cenário catastrófico do fim, ou pelo menos, da escassez do petróleo. Foram anunciadas várias datas para a Grande Crise. Todas falharam. O que não impossibilitou os ganhos vultosos de alguns especuladores das bolsas de valores.

    Mas afinal, existe ou não um “Pico do Petróleo” (Peak Oil)?

    Bom, conseguir responder a esta pergunta é uma outra história.

  • 27/08/2010 em 18:27
    Permalink

    Os argumentos mais importantes para o petróleo abiótico são:

    – O petróleo é extraído de grandes profundidades, chegando até 13 km. Isso contradiz totalmente a origem dos fósseis, pois os seres vivos do mar nunca conseguiram ir até lá e a temperatura nestas profundidades teria destruído todo material orgânico. Somente um aparecimento abiótico do petróleo pode esclarecer isso.

    – As reservas de petróleo, que desde os anos 70 deveriam estar vazias, se completam novamente por si mesmas. O aparecimento do petróleo fóssil que aconteceu somente uma vez há 500 anos não pode explicar este fenômeno. Já o aparecimento abiótico pode, pois aqui o petróleo é produzido incessantemente.

    – A quantidade de petróleo extraída nos últimos 100 anos supera a quantidade de petróleo que poderia ter sido formado através da biomassa. Tanto material vegetal e animal nunca existiu num único momento, para serem transformados em petróleo. Somente um processo para fabricação de hidrocarbonetos no interior da Terra pode suprir esta gigantesca quantidade.

    – Quando observamos as grandes reservas de petróleo no mundo, então é notório que elas aparecem onde as placas tectônicas estão em contato uma com as outras ou se deslocam. Nestas regiões existem suficientes fendas, um indício, que o petróleo provém do interior da Terra e migra vagarosamente através das aberturas para a superfície.

    – Nos laboratórios foram criadas condições semelhantes àquelas que predominam nas profundezas do planeta. Com isso foi possível produzir metano, etano e propano. Estas experiências provam que os hidrocarbonetos podem se formar dentro da Terra através de simples reações anorgânicas – e não pela decomposição de organismos mortos, como é aceito geralmente.

    – Petróleo não pode ter 500 milhões de anos e permanecer tão “fresco” no solo, até que nós o extraímos à luz do dia. As longas moléculas de carbono teriam se decomposto. O petróleo que nós utilizamos é jovem, caso contrário ele já teria se volatizado há muito tempo. O fato é uma total contradição ao aparecimento fóssil do petróleo, mas que comprova a teoria do petróleo abiótico.

    Os russos descobriram-no

    Em 1970, os russos começaram a perfurar poços profundos, eles alcançaram nisso recordes mundiais além dos 13.000 metros. Desde então, as grandes petrolíferas russas, incluindo Jukos, perfuraram mais de 310 super poços e extraem de lá o petróleo. No último ano, a Rússia superou o maior produtor mundial, a Arábia Saudita.

    Os russos dominam a complicada técnica de perfuração profunda há 30 anos, eles podem explorar as infinitas reservas de petróleo das profundezas na Terra, enquanto o Ocidente ignora isso totalmente.

    Os russos provaram ser totalmente falsa a explicação dos geólogos ocidentais, o petróleo seria um material orgânico decomposto que teria se transformado em petróleo.

    Nos anos 40 e 50, os especialistas russos descobriram para sua surpresa que as reservas petrolíferas se enchiam por si só por baixo. Eles chegaram à conclusão que o petróleo é produzido nas profundezas da Terra e emigra para cima, onde então se acumula. Isso era muito bom para ser verdade, mas eles puderam comprovar isso através das perfurações profundas.

  • 19/09/2010 em 08:50
    Permalink

    Parabês pelo sua colocação sobre o assunto da extração do petróleo. Tenho apenas uma pergunta para fazer a todos. Quantas vezes você já deixou seu carro na garagem e ir de carona, de um transporte alternativo, a pé, de bicileta par algum lugar? Enquanto a sociedade não se conscientizar sobre o uso e o desuso do petróleo e na proliferação da emissões de gases como o CO2 e o CFC, nós veremos pouco a pouco o nosso querido mundo se acabar, ou melhor a humanidade vai ser disseminidade por completo da face da terra, e depois de muitos anos a terra torne a ser como antes, porém sem a sombra da humanidade que aqui existiu.
    Lembro de um dizer que não sei bem se é um dito popular ou um provérbio, que tudo que existe tem uma finalidade e um significado, se existe o petróleo no centro da terra, é porque existe uma função para tal. Assim, como não tenho PhD em nada, e não sou geólogo ou Cientista conceituado, sou simplesmente um cidadão comum, que está vendo o seu habitat pouco a pouco mudando para pior mais sei que o Petróleo é um lubrificante, e um excelente arrefecidor, tenho a certeza que este papel também é exercido pelo mesmo no centro da terra.

    P.S. No último mês em Manaus os termômetros indicaram na madrugada uns 30º e 35º de sensação térmica.

    Muito obrigado a todos por terem lido meu ponto de vista.
    Raimundo de C. Medeiros
    Manaus – Amazonas

  • 21/10/2010 em 19:29
    Permalink

    o meu medo e de que retirando petroleo do pre sal nao sobre nada para absorver os impactos geologicos e que começe a ter terremotos aqui na regiao sudeste do brasil pois eu morro no rio de janeiro perto da bacia de campos o meu medo tambem e que na falta de petroleo na bacia de campos ou mais expecificamente na area do pre sal o terrremoto seja maior

  • 13/11/2010 em 11:29
    Permalink

    Ignorância e egoísmo,eis aí a dualidade humana,pretensos seres inteligentes:o que irá acontecer quando tivermos evaporado todo o bom petróleo?catrastrofe!afinal nós sabemos que é o que melhor sabemos fazer destruir! e não é para ficar triste com isso,biologicamente falando como seres pluricelurares somos insustentáveis ,eternidade é para as bactérias.voltaremos a ser o que éramos:energia!essência desse nosso universo.
    Não haverá modo humano de vida sustentável,todo sistema produtivo é auto destrutivo.o ser humano é o gafanhoto do universo,deixem essa praga se extinguir com louvores. Afinal somos apenas uns quase macacos sem pelos da era pleistocênica.hahahahahahahahah!!! e quando eu morrer átomos isototóps irâo para o ar,hahhahahahahahahahá….

  • 15/01/2011 em 21:47
    Permalink

    Eu sei quem tem a resposta correta para todas essas perguntas.imaginem um barquinho de madeira flutuando em uma piscina.ele estaria sustentado pela água da piscina,correto?se eu tirásse toda a água da piscina,o que aconteceria?é óbvio que ele se impactaria com o fundo da piscina.Assim é a parte sólida da terra.Está sustentada por uma parte gelatinosa.Daí vocês poderão entender qual será a consequência de extrair toda a camada gelatinosa do interior terrestre.Acontecerá o que está escrito em ageu 2:5e6.por favor entrem em contato comigo.orkut:osvaldo.gomes1@gmail.com
    msn:kekojdc@hotmail.com
    vlw……

  • 12/03/2011 em 07:49
    Permalink

    dentro de tanta duvida das pessoas…não aparece um técnico para responder a éssas duvidas !!!

  • 12/03/2011 em 18:03
    Permalink

    Foi pensando nesse assunto que cheguei a essa matéria e comentando com um colega ele me sugeriu pesquisar na net pra ver se achava alguma notícia sobre o assunto!! Fiquei muiuto feliz em saber que outras pessoas também pensam como eu. Pois acredito que tudo que existe na terra é importatnte pra manutenção da mesma e na minha opinião, se não fizeram, vejo como um erro retirarem o petróleo da terra sem fazerem um estudo dos impacto ao meio ambiente. Mas também acredito que a poucos interressa esse estudo, pois há bilhões em jogo.

  • 14/03/2011 em 05:56
    Permalink

    nao existe isso de buraco gigante o petroleo esta nos poros das rochas, e nao e permitido extrair todo material de um poço …..

  • 14/03/2011 em 08:56
    Permalink

    Não entendo muito sobre este assunto, mas tenho a mesma preocupação.
    Para que serve o petroleo para o meio ambiente?
    Qual o impacto que essa retirada causa no meio ambiente?
    Tenho carro sim, desfruto de produtos, mas isso nao tira minha preocupação, por favor me mantenham informado!

    flavionortel@hotmail.com

    Flávio

  • 20/03/2011 em 11:16
    Permalink

    olha eu goste muito da materia u_u
    e é verdade nao somos NAADA sem os derivados do petroleo , e se ele acabar , estamos mesmo F…
    KK , um beijo Anjo , aquele trecho , foi a resposta do meu trabalho escolar de quimica ,
    BEIJÃO E ABRAÇO ,

  • 25/03/2011 em 05:58
    Permalink

    o petroleo não deveria ser tirado de onde está, ele é o sangue da terra, faz parte das varias sustentações da Terra e suas placas tectonicas. Há muitos anos atras um brasileiro inventou o carro movido a agua, foi um grande invento q poderia mudar a humanidade, assim como o carro eletrico, mas abafaram o invento, sumiram com o cara, esconderam aquilo que poderia dar uma oportunidade para a humanidade viver mais. Há pouco tempo inventaram o motor continuo ou perpetuo, q funciona com gravidade, sem impulso, sinlencioso, sem magnetismo, coisa de sonho de muita gente, mas tbm foram abafados, ameaçados, perderam a liberdade de expressão. todos os veiculos hj poderiam estar andando com agua ou motor continuo. pensem. se alguem for contra o sistema petrolifero desse mundo ou o ameaçar com invenções, deverá ser aniquilado.

  • 07/04/2011 em 17:43
    Permalink

    estou fazendo uma pesquisa, e achei muito interessante o que sitas-te, uma pena, que todas essas informações fiquem debaixo de um tapete, pois se fossem publicas em rede mundial, e a publicidade, conscientiza-se a população, poderíamos, pelo menos, prolongar a essa catástrofe que iremos sofrer e um período não muito longo..

  • 02/09/2011 em 16:32
    Permalink

    gostei de todos os comentários;Sei que não estou sozinho com os meus pensamentos. Mas; o que podemos fazer mara mudar isso? Creio que nada; mesmo assim; um abraço. Seja lá o que for será.

  • 07/09/2011 em 14:03
    Permalink

    se a natureza humana fosse assim … nao ficariamos tao bravos quando pisam na bola com a gente . vivemos num mundo que nos molda assim .. a humanidade tem muita inteligencia para fazer o quye quiser com o planeta pena que nao se une . o dinheiro separa as pessoas em classes e isso ferra com tudo . se analisarmos bem , vivemos num planeta que nos da tudo e de graça .. nao nos cobra nada pelo que nos da .. haja ingratidao de nossa parte . a palavra tb tem poder .. se todo mundo pensar como o nosso amigo ali ( que diz que e assim mesmo ) realmente proliferaremos essa ideia . mas se realmente nos concientizarmos e passarmos isso atraves de nossas palavras , realmente teriamos mais força … infelizmente a humanidade so se une para coisas que nao importam . ( festas , jogos de futebol , brigas , etc… ) quando o assunto e serio , parece que nem vontade tem . e incrivel , porem escassez de agua , de petroleo … aquecimento global , etc … nos levaria a uma condiçao infernal no planeta e ninguem ta vendo isso . o espirito do planeta nao esta para irmaos , mas sim para ( como se fossem o tempo todo inimigos ) ja perceberam? nao falo em escrituras porem esta escrito e ao meu modo de ver … o unico motivo para se escreverem uma biblia por exemplo … seria para evitar que acontecesse de novo . provavelmente tudo o que estamos vendo … ja aconteceu , mas ninguem pensou nisso ainda . dinheiro mata, gente , e realmente como se fosse uma espada espiritual que mata todas as virtudes humanas …. e o planeta no final . uma terra que nos da tudo de graça e em abundancia e analisem o que o dinheiro faz com nossas cabeças . pais matam filhos , filhos matam ou internam seua pais , irmaos sacaneiam irmaos …. e nos escravos do dinheiro dos ricos . e como se o dinheiro fosse o xicote de antigamente … nos cobram demais … nos deixam sem comida e nossos filhos … nos deixam na rua …. e ninguem ta se tocando . irmandades como maçonaria e rosacruzes que deveriam estar lutando por Deus digamos assim …. so lutam por dinheiro … religioes idem . ninguem prega o amor ou seja , ninguem ensina o que e o amor ( todas as coisas e todos ) transformamos a humanidade em diabos e ninguem ta se tocando .

  • 19/11/2011 em 17:35
    Permalink

    bom, eu acredito que furacões, Tsunamis , terremotos não são como simplesmente mudanças do tempo ou que encontrem uma explicação qualquer.

    Na Verdade, ao meu ponto de vista a retirada do petróleo tem tudo haver.

    O Senhor Deus fez tudo perfeito, as pessoas estão preocupadas somente com o que dar lucro e pouco se importando com o que irá acontecer o amanhã.

    Então, na verdade, Estão simplesmente se enforcando sozinhos.

    Bom é isso.

    até

  • 31/08/2012 em 13:18
    Permalink

    Sensacional..adorei seu blog, realmente são coisas que temos que parar e refletir, nós já estamos sentindo isto, e mais pra frente qndo nossos netos, estiverem por aqui, alias será que estaremos aqui?
    Só tenho que te parabenizar pelo seu blog.
    achei este site, pq estou fazendo um trabalho da faculdade..
    att

  • 11/09/2012 em 08:26
    Permalink

    AS COISAS AKI NA TERRA JA COMEÇOU,A MUDAR ,E POUCAS PESSOAS PENSAM NO QUE ISTO ACARRETARA,O QUE ADIANTA TER ONGS,CONFERENCIAS SI NAO FAZEM NADA..EU ACHO QUE TODOS NÓS DEVEMOS FAZER ALGO PARA MUDAR O FUTURO,ENQUANTO HA TEMPO DEPOIS SERA TARDE D +..BJIM

  • 02/01/2013 em 00:00
    Permalink

    Olá! Acredito que tudo que existe no mundo e na natureza tem um significado.Da mesma maneira que o coração do corpo humano bombeia sangue para se manter vivo, o petróleo que existe dentro do planeta em abundância serve de alguma forma para alguma coisa. acredito que por ser bem viscoso, sirva como uma manta térmica para impedir que o calor do centro da terra chegue facilmente na superfície para aquecer o gelo e esquentar o planeta. da mesma forma que acredito que o oceano sirva como um grande radiador para manter a temperatura estável. existem também grandes vulcões que servem como escapamento ou valvulas de pressão, para impedir que o planeta se exploda. Acredito também que os governos sabem da importância do petróleo no interior do nosso planeta, más quando se trata de interesses econômicos, preferem se calar, e buscar alternativas como missões espaciais para tentar descobrir outro lugar para se viver, uma vês que o nosso planeta está com os dias contados. Um forte abraço a todos.

  • 17/10/2013 em 18:27
    Permalink

    São mais de cem milhoes de petróleo extraidos das rochas, que são substituidos por água!!! O liquido essencial para nossa vida! Imagine essa água toda, misturada com gaz, sendo aquecida a níveis inimagináveis pelo magma, o que acontece? Seria como uma panela de pressão. Se não tiver válvula de escape, explodirá e o planeta vai para o espaço. Se tiver, será terrível também, pois o jato de vapor expelido por algo como um vulcão, poderá tirar o planeta de sua órbita, talvez até lançado no espaço e nós ficaremos vendo a “chuva de estrelas” referida por Jesus Cristo. Podem crer, a coisa vai ferver. Mas não há nada que possa ser feito, não há como parar a extração do petróleo. Culpa do Marco Polo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *