Música

Composições Instrumentais

Formação

Não tenho formação acadêmica, mas estudo música desde os 12 anos. Minha formação é basicamente composta de cursos particulares, leituras e bastante prática. Alguns cursos que fiz:

  • Curso de Órgão, com professora particular.
  • Cursos de Teclado, com professores particulares.
  • Curso de Violão Básico, na Secretaria de Cultura de Santos.
  • Curso de Piano Básico, com Theo Cancello.
  • Curso de Flauta Transversal, com José Simonian.
  • Curso de Harmonia, com professor particular.

Apesar de não ter me formado, possuo muitos livros de teoria musical, harmonia e improvisação, e estou sempre estudando e praticando ao piano, flauta, violão, ou compondo em partituras no computador.

Não tenho experiência como músico profissional, senão, por uma série de composições que fiz para o espetáculo teatral “Argumas de Patativa”, do Teatro do Pé, cuja repercussão me garantiu alguns prêmios de melhor trilha sonora original.

Futuro como Músico

Almejo me tornar um bom compositor, no decorrer de minha vida. Conforme os anos passam, a prática tende a nos tornar melhores e a vida nos ensina muitas coisas. A maturidade chega em todas as áreas da vida e, por isso, acredito que me tornarei um músico mais experiente, capaz de criar boas composições.

Nunca tive vontade de tocar em bandas! Meu sonho como músico é compor para espetáculos teatrais, trilha sonoras para filmes, canções infantis e composições instrumentais.

Meus instrumentos favoritos

Piano


Piano, meu lindo piano! Teus sons, quando sob o meu comando, são uma extensão de minha alma. Quando sento à tua frente, não passo horas a tocar, mas são as horas que passam a nos ouvir. Se existe meio de saber o que carrego por dentro, eis a transparência de meu espírito, pois nele extravaso o meu peito.

Amo o Piano! Não costumo tocar com partituras e nem mesmo músicas conhecidas. Cada novo momento ao tocar, uma surpresa, uma expressão. Chamo-as de arte instantânea! O que veio, vem e se vai. Algo como um ato de amor, sem posse, sem apego, sem registro. Somente sons e sentimentos!


Escaleta


Escaletinha, menina sapeca! Um brinquedinho gostoso demais de brincar. Conheci um pouco por acaso, se é que existe acaso, e me apaixonei. Fiquei sem defesa! Pode? Logo quis uma pra mim e, juntos, nos divertimos muito em tantas praias, matos, reuniões e teatros desse Brasil. Onde o piano eu não podia levar, vinha a escaleta me acompanhar. Do piano a escaleta foi mole, quase uma teta. Bastou que espremesse um pouquinho os meus dedos e aprendesse a soprar no buraquinho com jeito.


Flauta Transversal


A flauta transversal é minha nova companheira! Tanto ouvi Pixinguinha, aqui de baixo, que o próprio deve ter me ouvido lá de cima. Como a muitos anos assovio os seus chorinhos, creio que, por não agüentar mais meus desafinos, chorou o Pixinga meio sem jeito, e pediu aos seus anjos um simples feito. Vieram eles me proporcionar um dia muito especial, e sem nem mesmo eu esperar, voltei pra casa com uma transversal. Ainda não estou chorando seus choros, caro mestre. Mas posso dizer que a flauta, hoje, em minha vida, tornou-se a própria voz do meu coração, e, com ela, elevo minhas orações a todas as esferas da criação.


Violão


Violão, amigo meu! É triste que eu não seja tão próximo a ti, quanto a tua boa vontade em servir-me como instrumento de expressão. Apesar de conhecer teus fundamentos, não posso ousar proclamar qualquer intimidade. Alguns acordes da harmonia básica e algumas notas de passagem, são o meu máximo contigo. Entretanto, dentre todos, considero-te como um campeão, perdendo apenas para o piano, pois se trata de uma exceção. A vida segue, mas sei que um dia nos tornaremos mais próximos, querido amigo!


Gaita Harmônica


A gaita grita e o seu berro é o que agita! Que som bonito sai de seu fole, mas apesar de parecer mole, tocá-la não é tão fácil. A gaita harmônica ainda vai, mas a cromática… ai meu Pai! Estou aprendendo a brincar com a harmônica, o que garante uma boa diversão, já que nunca se perde a tônica. Mas confesso que, como no violão, por enquanto, essa princesa, ficará em segundo plano, apenas em fase de experimentação.

Prêmios recebidos como compositor



Como compositor da trilha sonora do espetáculo Argumas de Patativa, recebi os prêmios de:

  • Melhor Trilha Sonora Original – 47º Festival de Teatro de Santos em 2005
  • Melhor Trilha Sonora Original – IX FESTAC
  • Menção Honrosa de Melhor Trilha Sonora Original – 4º FET


Um comentário em “Música

  • 31/05/2010 em 12:29
    Permalink

    Seja bem-vindo!!!

    Bjs,
    Van

  • 26/09/2010 em 12:04
    Permalink

    Oi, adorei suas composiçoes !
    enfim,sou apaixonada por música ..não canto
    mas componho acabei de fazer umas musicas novas
    adoraria que vc desse uma lida ,se vc se enteressar
    só adc meu e-mail ;D

  • 17/03/2011 em 12:11
    Permalink

    ola bom dia !!!
    bom eu n entendo pq n existe sait com pastitura de escaleta ?
    pois eu toco escaleta!!!
    mais n tem pastura
    muito obrigada

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *