Série de Esculturas: “A Morte de Nanã” de Patativa do Assaré

Esta série de esculturas foi produzida para retratar a triste poesia  “A Morte de Nanã” do maravilhoso poeta popular brasileiro Patativa do Assaré. Esta poesia trata da dramática história da morte da menina Nanã, durante a forte seca que assolou o nordeste brasileiro em 1932.

Se você ainda não conhece a poesia, ouça-a agora na voz do próprio poeta Patativa do Assaré, e então veja a série de esculturas na sequência.

Vídeo: Poesia “A Morte de Nanã” na voz do próprio Patativa do Assaré

Eu produzi esta série de esculturas especialmente para compor o cenário do espetáculo “Argumas de Patativa”, do Teatro do Pé, também todo produzido com base na obra do poeta Patativa.

O espetáculo começava com a cena baseada nesta mesma poesia, e estas esculturas ficavam posicionadas nas portas do oratório do pai da Nanã, e eram dispostas na seqüência correta que conta a história narrada na poesia.

Clique nas imagens abaixo para ver e comentar as esculturas da série.

A Gravidez

O Nascimento

Menina Nanã

Doente de Fome

O Túmulo

Infelizmente, essas esculturas não existem mais!
Quebraram-se durante a desmontagem do cenário do espetáculo, certa vez.

E então gostou? Deixe seus comentários abaixo.

Mateus Lopes

Sou engenheiro de software e desenvolvedor web e cloud, sou um apaixonado por tecnologia. Sou músico e ator por puro amor. Sou filósofo por filosofar, e espiritualista pela razão e dedução lógica das leis naturais. Sou meditador, praticante de yoga, estudante da vida e do amor. Sou um pouco de tudo o que já estudei e vivi, mas sou também todo o universo do potencial que há em mim!

Um comentário em “Série de Esculturas: “A Morte de Nanã” de Patativa do Assaré

  • 18/07/2011 em 15:34
    Permalink

    Oi, Mateus. Visitei o seu site e me encantei com suas esculturas, sobretudo “O Túmulo” da série “A Morte de Nanã”. Sou psicóloga e estudiosa sobre questões da morte e do morrer. Meu mestrado é em Psicologia Clínica – Área de Luto e Família (Recife). Sou tambpém escritora. Estou com um livro para ser publicado e gostaria de saber se vc autoriza que meu editor use sua escultura a fim de que ela seja apresentada na capa de meu livro “A Cicatrização do Luto”. Grata.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *