Um breve poema de amor


Você é amor o puro!
O mais gostoso carinho.
Meu tesouro sem medidas,
Minha alma querida.

Menina, mulher, faísca.
Faísca que cria o fogo.
O fogo que faz a luz!
A luz que ilumina o escuro,
e pra longe das trevas me conduz.

Mulher faísca que acende a criação!
Um beijo no seu coração,
de um pobre homem,
que só quer sua atenção!

Amo você!

Mateus Lopes

Um comentário sobre “Um breve poema de amor

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>