Segmentar é preciso! Mas qual o público de um blog pessoal?


Por todos os infinitos cantos, dessa gigante blogosfera, parece-me unânime a opinião de que não devemos querer falar sobre muitos assuntos diferentes em um mesmo blog. Afinal, não somos, nem podemos, e nem devemos querer ser, sozinhos, um novo Yahoo, UOL, IG ou qualquer outro grande portal de conteúdo, que abordam temas diversificados através de seus canais.

É claro que concordo absolutamente com o conceito de segmentação!

No entanto, desde que comecei esse blog, que é o meu blog pessoal, venho tentando descobrir qual é o meu nicho de assuntos. Confesso que, algumas vezes, já deixei de escrever nesse blog, por achar que estaria colocando assuntos muito diferentes entre si, e isso poderia causar uma certa confusão em quem está acessando o blog pela primeira vez. Afinal, esse cara fala sobre o que?

Bem, em primeiro lugar, o que eu falo deve estar diretamente relacionado com o que eu vivo! Pois, seria insensato querer discorrer sobre assuntos que estão fora do meu domínio ou convivência. Falando sobre aquilo que faz parte de nosso dia-a-dia, transmitimos nossa mensagem com convicção e propriedade, o que é sentido diretamente pelos leitores.

Muito bem. Assim fica mais fácil! Basta falar sobre aquilo que me interessa e pronto. Eis o meu segmento e o meu público!

Isso pode ser bastante adequado para um grande número de pessoas que são especialistas em um assunto específico, e fazem com que seu blog, que carrega seu nome pessoal, torne-se um blog com um público de interesse muito particular. Mas qual será o nicho de alguém que é mais generalista do que especialista?

No meu caso, até certo ponto, eu vivo uma vida bastante diversificada e de interesses múltiplos. Trabalho com internet e tecnologia há 12 anos, mas também trabalho, na área artística e cultural, como ator e tenho um grupo de teatro chamado Teatro do Pé. Além disso, sou músico compositor, faço esculturas e me interesso muito por cultura e artes em geral.

Além dessas duas áreas, que sigo profissionalmente, sempre fui dotado de um espírito extremamente curioso e científico, o que me fez transitar por muitos assuntos diferentes, como filosofia, espiritualidade, física, matemática, história, marketing, design, negócios, finanças, investimentos, empreendedorismo, entre outros. Sempre estudando e aprendendo o suficiente, de cada assunto, para poder mesclar conhecimentos e criar pontes criativas, entre as diferentes disciplinas, somando seus potenciais aplicados na geração de novas idéias com base consistente.

Enfim, cheguei à conclusão de que o meu blog pessoal não terá segmentação alguma! Afinal, esse será o meu espaço pessoal, onde poderei falar sobre o que eu quiser, quando eu quiser.

Para aqueles assuntos em que tenho maior domínio, e que são extensos o suficiente para que eu gere bastante conteúdo, então criarei blogs segmentados.

Portanto, daqui por diante, meu caro amigo leitor, saiba que neste blog, mesmo que não tenha um assunto único e específico, você vai encontrar sempre coisas interessantes ou úteis, que penso que valem a pena serem ditas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>